Sabe a importância de levar o seu bebé ao dentista?

04/18/2016

     A erupção dos primeiros dentes decíduos, vulgarmente conhecidos como “dentes de leite” tem início,geralmente, entre os 6 e os 8 meses de vida, sendo as meninas normalmente mais precoces. A dentição de leite é composta por um total de 20 dentes, ficando completa, em média, entre os dois anos e meio e os três.

​​

     São comuns alguns sintomas relacionados com a erupção dos primeiros dentes, nomeadamente: perda do apetite, irritabilidade, aumento da salivação, gengivas avermelhadas, dolorosas e inchadas, alteração do sono, e ainda, diarreia e febre. A cavidade oral do bebé deve ser limpa com uma gaze humedecida e para o alívio do desconforto associado à erupção dentária devem ser utilizados cremes tópicos (géis bucais), bem como, mordedores (brinquedos disponíveis no mercado).

 

     A primeira consulta de Medicina Dentária deve ser realizada quando erupcionam os primeiros dentes de leite, no máximo até ao um ano de idade, para que se possa estabelecer um plano de tratamento preventivo.

 

     Idealmente, a criança deverá ser observada de 6 em 6 meses, ou a cada 3 meses nos casos de risco elevado de cárie ( que deve ser avaliado pelo médico dentista).

 

     O papel dos pais ou cuidadores é crucial: evitar o uso de líquidos açucarados no biberão ou na chupeta e higienizar a cavidade oral, após a refeição e antes de deitar, com uma gaze, uma dedeira (disponível em farmácias e parafarmácias) ou uma escova macia, são medidas que se têm revelado de máxima importância no controlo da cárie dentária.

 

     Uma das questões mais vulgarmente colocada pelos pais, prende-se com a duração do uso da chupeta, biberão e hábitos de sucção digital (“chuchar no dedo”). O uso de biberão deverá ser abandonado, idealmente, entre os 9 e os 12 meses de vida.

 

     Relativamente ao uso de chupeta, bem como a sucção digital, a sua duração não deve exceder os 3 anos de idade, de forma a evitar eventuais desarmonias na posição dos dentes.

 

     A partir dos 3 anos de idade, e desde que a criança tenha destreza, a escovagem poderá ser realizada pela própria, duas vezes ao dia, desde que, com supervisão de um adulto. A quantidade de dentífrico fluoretado deve ser idêntica à unha do 5º dedo da criança.

 

     Agora já sabe, não adie a visita ao seu médico-dentista, os bons hábitos de saúde oral devem ser adquiridos desde pequenino. Na Clínica GanhaSorriso dispomos de uma equipa especializada para o atendimento do seu bebé.

Partilhar no Facebook
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White LinkedIn Icon

© GanhaSorriso - Serviços Médicos, Lda