A Prevenção é a forma de Tratamento mais Económica

 

A população em geral deverá ser consultada por um Médico Dentista ou Médico Estomatologista pelo menos uma vez por ano, de modo a que seja possível diagnosticar precocemente as patologias que afectam a cavidade oral e sistema estomatognático. As crianças deverão ter a sua primeira consulta antes do primeiro ano de idade, idealmente quando começam a erupcionar os dentes decíduos, ou “de leite”. As patologias orais mais frequentes são a lesão de cárie dentária e as doenças dos tecidos periodontais – gengivite e periodontite.

 

A lesão de cárie afecta cerca de 90% da população e é provocada pelos ácidos produzidos por determinadas bactérias que dissolvem o conteúdo mineral dos dentes. A presença destas bactérias, associada a uma higiene deficiente e alimentação inadequada, potencia o aparecimento de cáries.

 

As doenças periodontais afectam os tecidos que rodeiam os dentes – a gengiva, o osso alveolar e o ligamento periodontal. A gengivite é a inflamação mais superficial da gengiva e a periodontite é a inflamação dos tecidos mais profundos que leva à reabsorção do osso. Estas patologias também são causadas por bactérias e acumulação de placa bacteriana.

 

De forma a prevenir o aparecimento destas doenças deve ser efectuada uma higiene oral correcta e cuidada.

 

O objectivo principal da higiene oral é a remoção da placa bacteriana. Quando se escovam os dentes removem-se os restos alimentares e as bactérias que, na presença de açúcar, formam ácidos que originam a cárie dentária. Também as doenças das gengivas podem ocorrer devido à placa bacteriana. A utilização de uma pasta dentífrica ajuda a remover esta placa e permite o contacto dos dentes com o flúor.

Existem vários tipos de escovas dentárias. O Médico Dentista deverá aconselhar a mais indicada para cada caso. Não são só os dentes e as gengivas devem ser escovados, mas também a língua. As escovas devem ser substituídas no máximo de 3 em 3 meses.

 

A higiene oral deve começar no uso do fio/fita dentários e escovilhão nos espaços interdentários, o que ajuda a eliminar os restos alimentares que se alojam no sulco gengival e entre os dentes. De seguida a escovagem cuidadosa de todas as faces das peças dentárias e finalmente limpeza da língua. Este procedimento deve-se efectuar pelo menos duas vezes ao dia durante 2 minutos, sendo a higiene antes de deitar a mais importante.

 

A pasta dentífrica deverá conter flúor numa concentração variável de acordo com a idade. Para as crianças deverá conter entre 500 e 1500 ppm, mediante aconselhamento médico, e para os adultos 1450 ppm.

 

O tipo de alimentação é também muito importante na prevenção da lesão de cárie. Esta deve ser variada, equilibrada e saudável. Deve-se comer maioritariamente pão, massas, arroz, fruta, legumes e produtos lácteos. Devem-se evitar os alimentos como os doces, bolos, gomas e chocolate, principalmente fora das refeições e antes de deitar.

 

A manutenção de uma boa saúde oral ajuda a manter e prolongar a qualidade de vida e longevidade, sendo que a prevenção é a forma de tratamento mais económica.

Partilhar no Facebook
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White LinkedIn Icon

© GanhaSorriso - Serviços Médicos, Lda