Saúde Oral nos Séniores

 

 

    Com o avançar da idade, podem surgir alguns problemas na cavidade oral, como as cáries, principalmente as cáries radiculares (nas raízes dos dentes), a doença periodontal (doença nas gengivas), a perda de dentes, alterações na mastigação, desgaste dentário, sensibilidade dentária, cancro oral, xerostomia (sentir a boca seca), diminuição do paladar e dor crânio-facial.

Ao longo dos anos, os seus dentes podem sofrer alterações de cor, ficando mais amarelos ou acastanhados, assim como podem surgir dentes com aspeto longo, devido à retração gengival (o osso diminui e a gengiva também retrai), ou mais curtos, devido ao desgaste.

   A perda de um dente natural pode provocar alterações estéticas, fonéticas e funcionais, causando alterações nos outros dentes, pois altera a relação que estes estabelecem, ou seja, os restantes dentes movem-se para os espaços que ficam “vazios”, o que vai alterar a forma como trinca (oclusão). A falta de dentes pode ser compensada através de próteses fixas ou próteses removíveis. Deve procurar uma avaliação clínica por parte do seu Médico Dentista, que poderá informá-lo dos planos de tratamento possíveis para o seu caso.

   Se sente os seus dentes a abanar ou se as suas gengivas doem e sangram, poderá ser urgente, para além de outras medidas, a realização de uma destartarização (limpeza) para eliminar a placa bacteriana e/ou tártaro, que constituem causas desta situação clínica.

   É muito importante manter alguns hábitos de higiene oral, tais como:

  • Escovar os dentes diariamente, pelo menos duas vezes por dia (uma das quais obrigatoriamente antes de deitar), com uma escova macia e dentífrico;

  • Usar escovilhões interdentários ou fio dentário para higienizar os espaços entre os dentes (pelo menos à noite, antes de escovar);

  • Limpar a língua com a escova ou raspador lingual;

  • Os bochechos com flúor também são aconselhados, para prevenir a cárie dentária e a perda de dentes;

  • Ter cuidado com a sua alimentação, diminuindo a ingestão de alimentos açucarados.

Se utilizar próteses dentárias, deve tomar alguns cuidados, tais como:

  • Lavar as próteses após as refeições, usando uma escova de dentes macia e um pouco de dentífrico ou sabão. Deve encher o lavatório com água ou colocar uma toalha por baixo, para não correr o risco de partir a prótese;

  • Remover as próteses durante a noite, para que as mucosas descansem algumas horas (exceto em alguns casos, quando indicado pelo seu Médico Dentista);

  • Utilizar pastilhas desinfetantes, uma a duas vezes por semana;

  • Sempre que surja algum desconforto na mucosa oral, procurar a ajuda do seu Médico Dentista.

    Se usa próteses dentárias totais, a sua mucosa oral pode sofrer alterações com o passar do tempo e poderá observar desajustes das próteses, que deverão ser corrigidas, para evitar feridas e lesões graves.

 

 

 

   Não deve esquecer de visitar o Médico Dentista (pelo menos duas vezes por ano) e informá-lo de todos os problemas de saúde e dos medicamentos que está a tomar, pois, deste modo, o profissional irá tomar todos os cuidados necessários e realizar os tratamentos adequados para cada situação.

Partilhar no Facebook
Please reload

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon
  • White LinkedIn Icon

© GanhaSorriso - Serviços Médicos, Lda